Digite o que quer pesquisar:

Make your own custom-made popup window!

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit, sed diam nonummy nibh euismod tincidunt ut laoreet dolore

    Archive

    BoG / 

    Desenvolvimento da Componente SócioTerritorial no âmbito do Relatório Preliminar do Estudo Ambiental do Projeto de beneficiação da EN118 – Samora Correia e Salvaterra de Magos

    O projeto “EN118 – Samora Correia (km 35+200) / Salvaterra de Magos (km 53+000) – Beneficiação” desenvolve-se no distrito de Santarém, concelhos de Benavente e Salvaterra de Magos. Atendendo ao registo de sinistralidade rodoviária deste troço de estrada, a obra de beneficiação visa a significativa melhoria das atuais condições de circulação e de segurança.

    A BoG foi a empresa responsável pelo desenvolvimento do enquadramento do projeto no ambiente socioeconómico e territorial da região em que se insere, incluindo a avaliação de impacte ambiental resultante da beneficiação desta infraestrutura rodoviária e definição das respetivas medidas de minimização e majoração.

    Elaboração do descritor de saúde humana no Âmbito do Estudo de Impacte Ambiental dos projetos das Centrais Fotovoltaicas de Montechoro I e II

    As Centrais Fotovoltaicas (CSF) de Montechoro I e II, da IBERDROLA, ficam localizadas na freguesia de Paderne, concelho de Albufeira. A CSF Montechoro I terá uma potência de pico instalada de 11,57 MWp, potência de ligação à rede de 10 MVA, numa área de 14,3 ha. A CSF Montechoro II terá uma potência de pico instalada de 24,96 MWp e uma potência de ligação à rede 20 MVA, numa área de 27,3 ha.

    A BoG foi a empresa responsável pelo desenvolvimento do descritor “Saúde Humana” para o estudo de impacte ambiental, nomeadamente a caracterização da situação de referência, a avaliação de impactes e a definição de medidas de minimização. O EIA foi aprovado a 25 de maio de 2021, com parecer favorável condicionado.

    Estudo de impacte ambiental do projeto de expansão da zona industrial de Amoreira da Gândara

    A área de intervenção do projeto da Expansão da Zona Industrial de Amoreira da Gândara, estabelecida por Plano de Pormenor, no município de Anadia, tem aproximadamente 36 hectares, dos quais 28,3 correspondem à área de intervenção e 7,8 à faixa de gestão de combustível.

    As atividades desenvolvidas pela BoG compreendem: coordenação do EIA; desenvolvimento dos descritores: Solos, Clima e Alterações Climáticas, Recursos hídricos e Qualidade da água, Ordenamento e condicionantes, Saúde humana, Ambiente Sonoro, Paisagem, Qualidade do ar e Geologia e Geomorfologia e Hidrogeologia, incluindo, caracterização da situação atual, visita de campo, caracterização e avaliação dos impactes, definição de medidas de mitigação e o estabelecimento dos programas de monitorização; desenvolvimento do relatório, integração e harmonização de todos os contributos de especialidade para produção do Relatório Síntese e produção do Resumo Não Técnico.

    Parceiro de Desenvolvimento: S&M Consulting.

    Modelação de Recursos Hídricos de acordo com o modelo Driver & Tasker (1990) adaptado para território nacional (LNEC, 2004)

    A avaliação de eventuais impactes resultantes do aumento da concentração de poluentes com origem na circulação rodoviária, quer nos principais pontos de descarga previstos em projeto, quer nas linhas de água recetoras, é uma etapa importante no desenvolvimento do descritor de Recursos Hídricos dos Estudos de Impacte Ambiental. A modelação dos principais poluentes, nomeadamente o Zinco (Zn), o Cobre (Cu) e os Sólidos Suspensos Totais (SST) é feita com recurso ao modelo Driver & Tasker (1990) adaptado para território nacional (LNEC, 2004).

    Neste âmbito, a BoG participou nos seguintes estudos:

    • Estudo de Impacte Ambiental do Projeto de Execução da “EN2 – São Brás de Alportel e Ligação à A22. Requalificação”, infraestrutura rodoviária localizada no distrito de Faro, abrangendo os concelhos de São Brás de Alportel e Faro, numa extensão de 7 718 metros.
    • Estudo de Impacte Ambiental do Projeto de Execução da “Melhoria de Acessibilidades à Zona Industrial de Campo Maior”, infraestrutura rodoviária localizada no concelho de Campo Maior, abrangendo as freguesias de São João Baptista e Nossa Senhora da Expectação.

    Estudo de impacte ambiental do projeto da expansão sul da Zona Industrial de Oliveira do Hospital

    A área de intervenção do projeto da Expansão Sul da Zona Industrial de Oliveira do Hospital, estabelecida por Plano de Pormenor, no município de Oliveira do Hospital, tem aproximadamente 52 hectares, dos quais 18 correspondem à área a ampliar.
    As atividades desenvolvidas pela BoG compreendem: coordenação do EIA; desenvolvimento dos descritores: Solos, Clima e Alterações Climáticas, Recursos hídricos e Qualidade da água, Ordenamento e condicionantes, Saúde humana, Ambiente Sonoro, Paisagem, Qualidade do ar e Geologia e Geomorfologia e Hidrogeologia, incluindo, caracterização da situação atual, visita de campo, caracterização e avaliação dos impactes, definição de medidas de mitigação e o estabelecimento dos programas de monitorização; desenvolvimento, integração e harmonização de todos os contributos de especialidade para produção do Relatório Síntese e produção do Resumo Não Técnico.
    Parceiro de Desenvolvimento: S&M Consulting.